ITE não para na pandemia e leva debates à comunidade - Instituição Toledo de Ensino

ITE não para na pandemia e leva debates à comunidade

publicado em 26 de junho de 2020, 15:42

Instituição completa 70 anos em 2020

Mesmo em meio à pandemia, a ITE não parou e fechou o semestre sem perder nenhum dia letivo. Foram aulas em tempo real e diversas atividades que levaram o debate sobre os impactos da Covid-19 nas diferentes esferas sociais para a comunidade.  

"Não tivemos nenhum dia de paralização, tanto na graduação quanto nos cursos de pós. Adquirimos os equipamentos necessários para as transmissões e fizemos todas as instalações em um fim de semana para dar continuidade às aulas", detalha o gestor da ITE, Flávio Toledo.

E por falar em aulas, elas aconteceram ao vivo, transmitidas das mesmas salas onde os estudantes as teriam presencialmente, e com interação em tempo real.

Aluno do terceiro ano de Direito, Felipe Rodrigues Baldini ressalta a conduta da instituição com as aulas emergenciais. "Os professores foram atenciosos e comprometidos com as aulas e matérias. O mesmo posso dizer do administrativo, que mostrou atenção aos alunos para sanar dúvidas e problemas".

O aplicativo Zoom foi uma das ferramentas usadas para aulas virtuais e atividades extras. Vale lembrar que as aulas foram gravadas para os que não puderam assistir ao vivo. Já as atividades avaliativas foram aplicadas através da plataforma ITE EAD.

Graduanda do primeiro ano de Direito, Bettina Souza Fernandes também vê com bons olhos o posicionamento da ITE no atual cenário. "Com muita sabedoria e conhecimentos técnicos, a faculdade rapidamente se reinventou e migrou totalmente para o ambiente virtual, conseguindo garantir a sua qualidade de ensino. As atividades complementares também foram intensificadas na pandemia, o que foi bastante prudente para compreender e discutir o atual momento".

Para a estudante, temas abordados em lives como a “Covid 19, Direito à Saúde e Estado de Direito" foram pertinentes pois permitiram a discussão em torno das políticas públicas voltadas para a área da saúde, por exemplo.

Atividades extras

Mais de uma centena de plantões de dúvidas foram realizados de forma online. Orientações, seminários e bancas também aconteceram virtualmente.

A ITE ofereceu 45 atividades complementares  durante o período de pandemia (de 23 de março até agora). Todas elas abertas também à comunidade. "Tivemos mais de 5 mil alunos e 1200 membros da comunidade participando", grifa Toledo.

Entre elas, algumas se destacaram, como a "II Jornada Luso-Brasileira", realizada em parceria com a Universidade de Lisboa e transmitida do moderno estúdio da ITE, inaugurado no mês de abril.

Os debates oferecidos pelas atividades complementares da ITE transitaram pelo universo do direito, do serviço social, da economia, da gestão, entre outras áreas do conhecimento aplicadas no dia a dia social.

Estrutura

A ITE disponibilizou vários computadores, câmeras e microfones para os estudantes que não tinham os equipamentos em casa. E os laboratórios ficaram abertos virtualmente para o acesso remoto.

As bibliotecas atenderam “virtualmente”. Os alunos puderam reservar os livros com retirada agendada na portaria. Exemplares ainda foram enviados pelos Correios para os alunos de outras cidades, sem custo.

"Em uma situação delicada como a que vivemos é comum o medo sobre a qualidade de ensino e vida financeira. Mas a ITE nos tranquilizou e tem demonstrado ainda mais empatia com seus alunos, dando total apoio e eficiência na educação à distância", avalia a estudante Patrícia Kelly Romão Resende, do primeiro ano de Direito.

Agosto

O recesso acadêmico vai ocorrer como o previsto no calendário desde o início do ano, em julho.

Segundo o gestor, quando as aulas voltarem, em agosto, é muito provável que ainda haverá muitas restrições devido à pademia, mas a ITE está preparada para atender e dar todo o suporte para os seus alunos.

"Prestamos, inclusive, um atendimento individualizado para os estudantes com dificuldades financeiras para que possam continuar estudando", finaliza.

Transferência e vestibular

As rápidas ações da ITE em meio à pandemia já estão gerando frutos. Um deles é o aumento na procura por transferências e uma novidade, o vestibular digital 2020, que traz quatro novos cursos.

As inscrições estão abertas em ite.edu.br para os cursos de Direito, Ciências Econômicas, Ciências Contábeis, Administração, Serviço Social, Ciências Aeronáuticas, Sistemas de Informação, Engenharia de Produção, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Pilotagem Profissional de Aeronaves, Comércio Exterior (novo), Gestão de Recursos Humanos (novo), Gestão Pública (novo) e Gestão Comercial (novo).


Em abril, a ITE inaugurou o seu estúdio profissional; na foto, o gestor Flávio Toledo ladeado pela reitora Cláudia Queda Toledo e pela diretora adjunta, Roberta Cristina Paganini Toledo Lew
A ITE transmitiu aulas ao vivo; na foto, a professora doutora Daniela Rodrigueiro

Leia também:

ITE realiza aulas online e abre debates à comunidade